Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Descolamento de retina: causas, sintomas e tratamentos

O descolamento de retina é uma condição ocular séria que ocorre quando a camada sensível à luz no interior do olho se separa da sua posição normal. Isso requer atenção médica imediata, pois pode resultar em perda permanente da visão se não for tratada a tempo.

Tipos de descolamento de retina

Regmatogênico

Ocorre uma rasgadura na retina que permite ao vítreo (estrutura gelatinosa dentro do olho) passar por essa ruptura e se acumule atrás da retina.

Tradicional

A principal causa observada neste tipo é o comprometimento ocular induzido pela diabetes. O descolamento tradicional da retina surge quando o tecido ocular é afetado por inflamação ou pelo desenvolvimento anormal de novos vasos sanguíneos na retina. Esse processo resulta em um tensionamento da retina, levando ao seu descolamento.

Seroso exsudativo da retina

Acontece quando o tecido fibroso ou fibrovascular, originado por processos inflamatórios ou neovascularização, exerce tração na retina sensorial, ocasionando a sua separação do epitélio pigmentado da retina.

Sintomas

Os sintomas do descolamento de retina podem incluir:

  • Perda de Visão Periférica: Uma sensação de cortina escura ou sombra que se move gradualmente em direção ao centro da visão, começando a partir das bordas externas.
  • Flashes de Luz: Percepção de luzes piscando ou cintilando no campo de visão, sem fonte de luz real.
  • Moscas Volantes: Manchas escuras, pontos ou linhas que parecem flutuar na visão, especialmente ao olhar para um plano de fundo claro.
  • Sensação de Sombreamento: Uma área de visão turva ou distorcida, que pode ser descrita como se estivesse olhando através de um vidro embaçado.
  • Visão Distorcida: Objetos retos podem parecer curvados ou ondulados, indicando uma possível separação da retina.
  • Dor ou Desconforto: Em alguns casos, o descolamento de retina pode ser acompanhado por dor ocular, embora nem sempre seja um sintoma presente.

É importante afirmar que esses sintomas podem variar de pessoa para pessoa e podem não ocorrer todos ao mesmo tempo. Se você suspeitar de um descolamento de retina ou apresentar qualquer um desses sintomas, é fundamental procurar atendimento oftalmológico imediatamente, pois o tratamento precoce é essencial para preservar a visão.

Tratamento

Quando o paciente tem uma rotura na retina, mas ela ainda está colada, é possível tratar com o raio laser. Quando o líquido de dentro do olho já entrou pela rasgadura e separou a retina da parede do olho (ou seja, a retina está descolada), tudo muda. Neste caso, o tratamento de maior sucesso é a cirurgia de retina, chamada de vitrectomia.

 

Leia também: Como o olho funciona: conheça a sua anatomia

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp

Aviso importante

Devido a um problema técnico, nosso atendimento via telefone está temporariamente indisponível.  Pedimos desculpas pelo inconveniente. Por favor, entre em contato conosco através do WhatsApp ou Instagram para atendimento. Agradecemos sua compreensão.